O Blog mais escondidinho de todos os blogs. Aquele que fica algures perdido na arrecadação dos fundos. A onde dou asas à minha imaginação (III)

.posts recentes

. A Ponte do Sol XVIII

. A Ponte do Sol XVII

. A Ponte do Sol XVI

. A Ponte do Sol XV

. A Ponte do Sol XIV

. A Ponte do Sol XIII

. A Ponte do Sol XII

. A Ponte do Sol XI

. A Ponte do Sol X

. A Ponte do sol IX

.arquivos

. Janeiro 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

A Ponte do sol IX

Continuação...

 

Leonor estava encantada com a cidade. O Museu do cairo parecia-lhe um paraíso, e ficou ainda mais impressionada com a quantidade de artefactos "perdidos" nas caves. Inventariar tudo aquilo não ia ser fácil. Depressa aprenderam a distinguir os artefactos verdadeiros das falsificações que muitos tentavam impingir.

Muitas vezes Leonor lembrava-se de Raúl.ainda mais agora que el podia estar por perto. Tinha deixado de o censurar. conseguia perceber ue uma relação entre eles, na altura, não seria possível. Afinal. ele tratava-se de um professor seu. Mas agora já não pensava nisso. Estava sentada na beira da piscina a olhar a lua e sorriu. Lembrou-se daquel magnifico pôr-do-sol e percebeu que ela era a lua e Raúl o sol e que jamais estariam juntos. Alguém lhe tapou os olhos...

- Adivinha quem é!

- Oh! Afonso eu sei que és tu. Repondeu Leonor rindo-se. Afonso sentou-se ao seu lado.

-A lua está bonito hoje não está?

- É o céu aqui parece diferente! Parece uma mar negro cheio de pedras preciosas. Olha como brilham as estrelas. Retorquiu Leonor.

- Ficas ainda mais bonita sob esta luz. Leonor olhou para ele e sorriu.

- Deixa de ser parvo!

- Não estou a ser parvo. Acho que és uma mulher muito bonita. Desde que te vi pela primeira vez que fiquei facinado...

- Afonso! Pára!...

- Não quero parar. Respondeu ele baixinho, com uma voz rouca e sensual, ao mesmo tempo que mexia no cabelo de Leonor, colocando-o por trás da orelha. Aproximou o seu rosto do dela para a beijar, mas Leonor virou a cara.

- Não afonso! eu não quero nada disto...

- Desculpa! eu não te quero forçar a nada, mas não consigo resistir.

- então vai tomar um banho para ver se refrescas as ideias. E dito isto levantou-se e foi para o seu quarto.

 

*

 

-Achas isto normal, Clara?! Mas ele pensa que é só chegar e tem tudo o que quer? Nem me perguntou nada...

- Oh Leonor há muito tempoque eu tinha reparado que el olhava para ti de forma diferente. Só tu é que ainda não tinhas reparado.

- Mas eu não quero nada com ele!

- Existe outra pessoa?

- Não1 Quer dizer, mais ou menos.

- Então! Em que é que ficamos?! Leonor contou a Clara a sua pequena aventura...

 

- Então e porque é que não vais procura-lo? Perguntou Clara depois de ter escutado a história da amiga.

- ele nunca mais me disse nada. Por isso, acho que não tenho esse direito. Mas não consigo tira-lo da cabeça.

- Mais uma razão Leonor...

- Olha e se mudassemos de assunto?!

Continuaram a falar de outros assuntos acabando por adormecer.

 

Continua...

publicado por _^ANGIE^_ às 17:24
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Just_Smile a 5 de Novembro de 2008 às 18:20
Coitada da Leonor... Continua apaixonada^^
Estou a adorar. Quero mais e mais^^.
Beijinhos
De jabeiteslp a 6 de Novembro de 2008 às 17:23


caricata situação
e nas coisas do coração
só quem sabe o que são

da Covilhã
beijo
já estou a ver ou quase o drama...
não vais po-los aos "mimos" ?
abaixo a violencia....
De _^ANGIE^_ a 7 de Novembro de 2008 às 09:16
hum não sei...

Vais ter de esperar para ver lolol

Beijinhos
De jabeiteslp a 8 de Novembro de 2008 às 02:35


tou pra ver

beijo
De Desbrida a 10 de Novembro de 2008 às 22:21
Parabéns!Gosto dos teus blogs em especial deste...aguardo novos capítulos! jitos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds