O Blog mais escondidinho de todos os blogs. Aquele que fica algures perdido na arrecadação dos fundos. A onde dou asas à minha imaginação (III)

.posts recentes

. A Ponte do Sol XVIII

. A Ponte do Sol XVII

. A Ponte do Sol XVI

. A Ponte do Sol XV

. A Ponte do Sol XIV

. A Ponte do Sol XIII

. A Ponte do Sol XII

. A Ponte do Sol XI

. A Ponte do Sol X

. A Ponte do sol IX

.arquivos

. Janeiro 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

Domingo, 10 de Janeiro de 2010

A Ponte do Sol XVIII

Como já tinha dito, não sou de deixar coisas a meio... e aquilo que começo, tenho de acabar. Por isso, vamos lá a isto. afinal só faltava mais um post.

 

O sol entrou pela janela e um raio iluminava o rosto de Leonor que dormia profundamente. Raúl deteve-se a observa-la. Queria guardar aquele momento para sempre. O rosto suave e sereno, agora livre de tensões e preocupações, o corpo coberto apenas por um fino lençol que não deixava disfarçar as curvas perfeitas e voluptuosas. Sentiu-se novamente excitado e apaixonado. começou a beija-la levemente, até que a acordou  e um sorriso enorme iluminou-lhe o rosto.

- Bom Dia! Não me digas que estavas a olhar para mim... Não faças isso que me deixas embaraçada...

- Não tens porque te sentir assim. Tu és linda e o que é bonito é para se ver. Não é isso que nós fazemos no nosso trabalho? encontrar coisas bonitas que estão perdidas ou esquecidas e mostra-las para que todos possam observar e partilhar do seu esplendor?

*

Juntaram-se aos seus amigos para almoçar. Foi um almoço animado cheio de risos e gargalhadas... tinham muitas históriuas para contar uns aos outros e eles nao se cansavam de ouvi-la. Raúl e Leonor não conseguiam disfarçar a sua felicidade. Depois partiram  para o Museu. Havia muito trabalho a fazer e era necessário garantir que todas as peças encontradaseram devidamente catalogadas e entregues ao Museu. Haviam de ficar por ali ainda durante algum tempo... Mas aquele país, aquela cultura e o sol abrasador eram a casa perfeita para o amor.

 

FIM

publicado por _^ANGIE^_ às 11:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds