O Blog mais escondidinho de todos os blogs. Aquele que fica algures perdido na arrecadação dos fundos. A onde dou asas à minha imaginação (III)

.posts recentes

. A Ponte do Sol XVIII

. A Ponte do Sol XVII

. A Ponte do Sol XVI

. A Ponte do Sol XV

. A Ponte do Sol XIV

. A Ponte do Sol XIII

. A Ponte do Sol XII

. A Ponte do Sol XI

. A Ponte do Sol X

. A Ponte do sol IX

.arquivos

. Janeiro 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

A Ponte do Sol II

Ora aqui fica mais uma parte desta minha humilde contribuição. Peço que dêm um desconto, porque há muito tempo que não escrevo. Às vezes parece que está tudo muito lamechas, outras que está a andar muito depressa, outras devagar de mais. Pronto, não liguem. eu sou muito autcritica e estou sempre com receio de não gostarem. Mas decidi publicar até ao fim. Beijocas e boa leitura.

 

Continuação...


Sentaram-se no bar e o resto da conversa passou-se acerca de pequenas trivialidades estudantis. Leonor só tinha aulas até ao meio-dia e tinha de aproveitar a tarde para fazer pesquisa na biblioteca. Às 21:00h tinha de estar no bar onde trabalhava para pagar a faculdade e a renda da casa.

Nas aulas seguintes fez um esforço enorme para não adormecer; comeu qualquer coisa e seguiu para a biblioteca. Estava ela absorta no meio das prateleiras dos livros a tentar encontrar os que precisava, quando alguém lhe deu um valente encontrão e Leonor viu-se, derrepente, no meio do chão e com vários livros espalhados à sua volta. Ainda stava a tentar perceber o que se tinha passado quando viu uma mão estendida na sua direcção e uma voz lá ao fundo que balbuciava um pedido de desculpas muito aflito. Agarrou a mão e quando olhou para ver quem a estava a segurar, deu de caras com o professor Raul e quase caiu de novo, largando a sua mão muito depressa.

- Desculpa Leonor, magoei-te?! estás bem ?! Leonor! Leonor, estás a ouvir-me? Perguntou Raul umpouco aflito.

- Sim, sim Sr. Professor, estou bem nõ se preocupe.

- Mas preisas de alguma coisa?!

-Não, não, estou bem obrigada.

-Desculpa, mais uma vez. Não te vi. O qua andas aqui a fazer?

A sobrancelja de Leonor arqueou-se como quando algo lhe estava a fazer confusão...

- Estou a fazer pesquisa para o seu trabalho...

- Ah, sim!?! O teu trabalho é sobre as várias cosmogonias egipcias*, certo? É um tema muito interessante, se quiseres posso aconselhar-te sobre alguns livros muito bons.

Leonor estava boquiaberta e sem palavras. Aquele homem que estava ali, não podia ser o mesmo Professor Raúl que ela conhecia... Este era um homem muito simpático, amável e prestável. Não! Não podia ser o mesmo... Com a pancada devia ter desmaiado e estar a sonhar...


* Cosmogonias - teorias da criação do universo.

 

Continua...

sinto-me: espectante
publicado por _^ANGIE^_ às 11:00
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De _^ANGIE^_ a 7 de Outubro de 2008 às 10:12
Obrigada pela forma como comentas. E obrigada por passares sempre por aqui.

Um beijinho grande
De jabeiteslp a 7 de Outubro de 2008 às 15:00

prazer meu
que de tanto errar
um porto de abrigo
encontro
e sempre que ao passar...

fica uma do teu olhar

dos calhaus da Covilhã
xinho daqueles

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds